Acontece na Paróquia  

  • Carla Festucci - PASCOM Santa Teresinha

Padre Odair Bezerra celebra Festa da Imaculada Conceição na Paróquia Santa Teresinha


A segunda quinta-feira do mês de dezembro, dia 08, foi especial para a Paróquia Santa Teresinha! Além de celebrar a Missa das Famílias, às 19h30, como em todos os meses, também comemorou-se a Festa da Imaculada Conceição de Maria, um dogma tão bonito quanto importante para a Igreja Católica. Nessa missa, a comunidade recebeu a visita do padre Odair Bezerra, da Paróquia São João Batista, que presidiu a celebração com muita alegria.

Logo no início da missa, Pe. Odair motivou a comunidade a erguer os braços e, a uma só voz, pedir que o Espírito Santo viesse incendiar a alma da igreja. Com o coração elevado, todos puderam apreciar melhor os momentos vividos naquela noite.

Em sua homilia, o presidente da celebração falou sobre a importância de Maria para a Igreja e o significado da Festa da Imaculada Conceição para a fé católica. Ele também abordou a diferença entre escolha e liberdade, explicando que Maria só foi livre porque escolheu seguir os planos de Deus.

"Livre arbítrio significa a capacidade de escolher entre uma coisa e outra; a liberdade não é uma escolha, ela já é a escolha definida para o bem.Quem escolhe o mal não tem liberdade, a sua liberdade já foi condenada, tolhida, comprometida. É livre quem segue a Deus, é livre quem faz o bem. Quem faz o mal é escravo. Enquanto nós não vivermos em Deus, nós seremos escravos, infelizes, insatisfeitos, limitados, incapazes", ensinou ele.

O fim da missa foi ainda mais especial. Como já é de costume nas segundas quintas-feiras do mês, o Santíssimo Sacramento passeou em meio à comunidade e todos tiveram a oportunidade de adorar Jesus Eucarístico e pedir por sua casa, por sua família e por suas dificuldades. Apesar de tradicional, a bênção do Santíssimo Sacramento é sempre um momento ímpar para quem o experimenta. Declarar o Senhor como Rei, curvar-se à Sua majestade e perceber todo o Seu amor por cada um de nós nos dá novo ânimo e renova nossas forças para seguirmos nosso Salvador – vindo até nós por Maria – aonde quer que Ele nos chame.

Sobre o dogma da Imaculada Conceição

Dogma, para a Igreja Católica, é uma verdade de fé revelada por Deus, algo imutável e definitivo, que não pode ser mudado nem revogado. Ao todo, são quatro os dogmas marianos: Imaculada Conceição, Virgindade de Maria, Mãe de Deus e Assunção ao Céu.

O dogma da Imaculada Conceição foi instituído pelo Papa Pio IX em 08 de dezembro de 1854. Por meio dele, a Igreja declara a santidade da Virgem Maria desde o primeiro momento da sua existência (desde a sua conceição), ou seja, que ela foi preservada e concebida no seio de sua mãe, Santa Ana, sem a mácula do pecado original.

Quatro anos depois de sua instituição, a própria Virgem Maria, em pessoa, quis confirmar este dogma. Foi quando, em 25 de março de 1858, na festa da Anunciação, revelou seu nome à Santa Bernadette nas aparições de Lourdes, dizendo-lhe: "Eu sou a Imaculada Conceição".

Ó Maria, concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós!

Veja nosso álbum completo

78 visualizações
Notícias em Destaque
Arquivo

Paróquia Santa Teresinha

Praça Rui Barbosa, s/n - Santa Terezinha, Santo André/SP

Informações: Tel. (11) 4996-3506 | WhatsApp. (11) 99971-5580 | teresinha.sa@diocesesa.org.br | Redes sociais: @santateresinhasa