Acontece na Paróquia  

  • Maristela Festucci – PASCOM Santa Teresinha

Missa de Quarta-feira de Cinzas marca início da Quaresma


No dia 1º de março, iniciamos o período da Quaresma com a missa de Quarta-feira de Cinzas. A celebração da noite começou às 19h30 com a igreja cheia! Recebemos até convidados de uma paroquiana que vieram de van especialmente para participar desta missa, e todos ficamos muito felizes em saber que pessoas de longe se sentem acolhidas em nossa paróquia.

Após os ritos iniciais, uma família entrou com as cinzas e as colocou em três lindos expositores, preparados pela liturgia para recebê-las. Eram três bandejas de prata, que foram dispostas sobre as palavras "Caridade", "Jejum" e "Oração", representando nossos objetivos principais durante este tempo litúrgico.


A Quarta-feira de Cinzas também inicia o período da Campanha da Fraternidade (CF), que começa na Quaresma, mas não acaba na Páscoa, estendendo-se pelo ano todo. Em 2017, o tema é: "Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida" e o lema: "Cultivar e guardar a criação". Para apresentar a campanha deste ano à comunidade, na entrada da missa os músicos cantaram o Hino da CF 2017, que tem como refrão: "Da Amazônia até os Pampas, do Cerrado aos Manguezais, chegue a ti o nosso canto pela vida e pela paz".


Na homilia, o padre Tiago explicou a importância de preservarmos a natureza, pois ela é a casa comum que nos foi presenteada por Deus: "Mas por que a Igreja fala da natureza? Porque, ao preservarmos a natureza, estamos preservando a vida e o Evangelho para as futuras gerações, que necessitam dos biomas, da fauna, da flora e da biodiversidade para viver bem neste planeta. Diante deste cenário de conversão, meus irmãos e irmãs, a Igreja nos convida a não vivermos uma religião de aparências", refletiu o pároco.


LEIA AQUI A HOMILIA DA QUARTA-FEIRA DE CINZAS


Após sua fala, o padre realizou a bênção das cinzas e todos juntos recitaram o compromisso quaresmal, que recorda os sacrifícios que devemos fazer pela fé e por amor a Jesus. E foi neste espírito que os fiéis se alinharam para a imposição das cinzas, recordando que somos "pó", ou seja, somos pequenos e pecadores. Todos os anos, as cinzas são preparadas a partir da queima dos ramos benzidos no Domingo de Ramos do ano anterior. Em nossa região de Utinga, quem faz esse trabalho é a Paróquia Santa Maria Goretti.


Esta é uma celebração muito importante para nós católicos, pois marca o início do período no qual celebramos a Paixão de Cristo. A Quaresma deve ser um tempo de introversão e muita oração, um momento em que paramos para pensar sobre nossas atitudes e nossas faltas, pois Jesus sofreu na cruz para nos salvar e libertar. Este refletir sobre si mesmo deve ser um exercício constante para qualquer cristão, pois os desafios diários, muitas vezes, nos fazem machucar o irmão sem nem nos darmos conta do pecado que cometemos.

Ao final da celebração, o padre Tiago explicou que, durante o tempo quaresmal, a missa é mais calma, com cânticos mais serenos, pois esse clima, alinhado com a penitência, nos ajuda a entender que não existe nada mais importante que o amor de Deus por nós e nos mostra que, se caminharmos com Jesus, não teremos "fome" de nada.


CONFIRA AS FOTOS DA MISSA DE QUARTA-FEIRA DE CINZAS


68 visualizações
Notícias em Destaque
Arquivo

Paróquia Santa Teresinha

Praça Rui Barbosa, s/n - Santa Terezinha, Santo André/SP

Informações: Tel. (11) 4996-3506 | WhatsApp. (11) 99971-5580 | teresinha.sa@diocesesa.org.br | Redes sociais: @santateresinhasa