Acontece na Paróquia  

Série | Pastoral de Conjunto: como construí-la?

20/3/2017

Em janeiro, publicamos o primeiro texto da 

série sobre a Pastoral de Conjunto que foi definida, novamente, como a prioridade a ser trabalhada para o ano de 2017 em nossa paróquia. Para que haja uma melhor compreensão do que ela é, falaremos, neste texto, sobre aspectos práticos para que a obtenhamos.

 

Pastoral de Conjunto ou Pastoral Orgânica são apenas nomes que damos ao esforço de

evangelizar em mutirão: leigos, leigas, religiosos, religiosas e a hierarquia, em comunhão orgânica e missionária, a serviço da vida e da justiça.

 

Para que ela possa acontecer, alguns passos concretos são necessários:

 

- Conhecimento entre as pastorais, para que assim possam unir as forças para trabalhar em parceria.  Uma pastoral deve conhecer o que a outra faz, quem trabalha nela, qual o

objetivo da pastoral, etc.;

 

- A integração precisa ser desejada por todos. E integração não é, por exemplo, unir duas

pastorais para transformá-las em uma, mas juntar as duas ou mais pastorais para buscar

em conjunto como é possível alcançar uma melhor forma de evangelizar ou desenvolver

um trabalho;

 

- Promover encontros que possam aproximar os membros das diferentes pastorais com o

objetivo de aumentar os laços de amizade, de conhecimento, de partilha da Palavra de

Deus e do aprofundamento da doutrina da Igreja;

 

- Ter uma agenda mínima em comum, ou seja, ter atividades onde as pastorais envolvidas

possam trabalhar em união;

 

- Preocupação com a formação permanente dos agentes, pois uma pessoa bem formada

consegue ser criativa e fiel aos valores essenciais que não passam;

 

- Fazer tudo por amor e em espírito de serviço. Se não fizermos tudo por amor, corremos o risco de nos cansarmos e de abandonarmos tudo.  Todos devem aprender em Jesus que, tudo o que fazemos na Igreja, deve ser com espírito de serviço [Mc 10, 42-45] e de

gratuidade [Lc 17,10].

 

Portanto, o que devemos ter sobre a Pastoral de Conjunto, é que, se trabalharmos para servir e não para receber notoriedade, resistiremos com mais facilidade aos desafios da caminhada, compreendendo sempre que o trabalho pastoral na Igreja deve nos ajudar a superar algum clima de competição e rivalidade, criando um espírito de comunhão e participação.

 

Nosso próximo texto será uma entrevista com o Padre Tiago sobre a importância da Pastoral de Conjunto. Fique ligado!

 

 

 

 

Fontes:

Projeto Alegrando

 

- Documento de Aparecida

Please reload

Notícias em Destaque
Please reload

Arquivo
Please reload

Paróquia Santa Teresinha

Praça Rui Barbosa, s/n - Santa Terezinha, Santo André/SP

Informações: Tel. (11) 4996-3506 | WhatsApp. (11) 99971-5580 | teresinha.sa@diocesesa.org.br | Redes sociais: @santateresinhasa