Acontece na Paróquia  

Seguindo os passos de Santa Teresinha: Peregrinação em Lisieux - Parte 4

Seguindo os passos de Santa Teresinha, visitamos os Buissonnets, conhecemos a Catedral de São Pedro e tivemos o privilégio de adentrar o Carmelo. Agora, chegamos à última parte de nossa peregrinação em Lisieux: a Basílica de Santa Teresa. Entre os lugares que recordam Santa Teresinha, esta Basílica trata-se de um dos mais emblemáticos. Inclusive, ela é uma das maiores igrejas do século XX, com 4500 m². Logo que saímos do trem, já pudemos avistá-la na parte mais alta da cidade. Abençoada há 80 anos pelo Papa Pio XII, ela exprime a grandeza da pequena Santa de Lisieux, impressionando por dentro e por fora.

 

Inspirada na Basílica de Sacré Cœur, o acesso a sua parte superior é feito por uma grande escadaria. Adentrando-a, nossos olhos, automaticamente, se voltam aos mosaicos e vitrais pintados com cores vivas e cheios de detalhes, nos quais é possível observar a mensagem de Santa Teresinha. Construída sem colunas internas, a Basílica permite que todos tenham uma perfeita visão das pinturas que estão acima do altar e ao redor de toda a igreja.

 

No coro, somos acolhidos pela Santíssima Trindade: o Pai, o Filho e o Espírito Santo, que nos hipnotizam, tamanha beleza. Já dizia Santa Teresinha: "Que felicidade pensar que o bom Deus, a Trindade inteira, olha por nós, que está em nós e se satisfaz em nos considerar".

Uma das mais belas imagens é a representação do Filho, Jesus Cristo, no coração da ábside, com a frase: "Vinde a mim todos que sofreis". De um lado, a Virgem Maria, e de outro, Santa Teresinha, que convidam cada um de nós, simbolizados pelos cordeiros, a nos abrigar sob o manto de Jesus Cristo.

 

Na cúpula, observamos Teresinha no céu sendo coroada. Em suas mãos, as flores representam suas pequenas ações realizadas com amor. Na base, podemos ler as promessas de Santa Teresinha:

 

"Passarei o meu céu fazendo o bem sobre a terra... Farei cair uma chuva de rosas"

 

"Não quero acumular méritos para o céu, quero trabalhar somente por vosso amor, com o único objetivo de vos dar prazer (...) e salvar almas que vos amarão eternamente"

 

É possível acessar a cúpula para visualizar o interior da Basílica, bem como uma visão da cidade de Lisieux e os arredores. São 305 degraus que nos levam a esta nova perspectiva dos mosaicos e da cidade.

 

Dentro da Basílica, à direita no nível da cúpula, encontra-se o relicário que contém os ossos do braço direito de Teresinha. Diante deste, muitos acendem velas e rezam à querida santinha.

Toda cheia de mosaicos, a parte inferior da Basílica evoca a vida espiritual de Teresinha: o batismo, a primeira comunhão, a cura pela Virgem do Sorriso, a tomada de hábito e a morte. No altar, uma estátua de Santa Teresinha atrai a atenção; no mosaico, lhe oferecem cestos de flores.

 

Na cripta, encontram-se as relíquias dos Santos Luís e Zélia Martin, pais de Teresa, canonizados em 2015 pelo Papa Francisco.

Visitar cada um desses locais nos tornou ainda mais devotos de Santa Teresinha. Ela, que sendo tão pequena, nos ensina que basta ter fé e viver com amor para estarmos próximos a Deus. Que possamos, assim, nos inspirar na simplicidade de sua vida para voltarmos nossos corações a Deus. Mesmo que pareçamos pequenos, podemos também ser grandiosos na fé e com simples gestos de amor levar aquilo que Jesus nos ensinou a todos os cantos.

LEIA MAIS!
Seguindo os passos de Santa Teresinha: Peregrinação em Lisieux - Parte 1
Seguindo os passos de Santa Teresinha: Peregrinação em Lisieux - Parte 2
Seguindo os passos de Santa Teresinha: Peregrinação em Lisieux - Parte 3

 

Please reload

Notícias em Destaque
Please reload

Arquivo
Please reload

Paróquia Santa Teresinha

Praça Rui Barbosa, s/n - Santa Terezinha, Santo André/SP

Informações: Tel. (11) 4996-3506 | WhatsApp. (11) 99971-5580 | teresinha.sa@diocesesa.org.br | Redes sociais: @santateresinhasa