Acontece na Paróquia  

  • Por Fernando Murakami – PASCOM Santa Teresinha

Sagrado Coração de Jesus, rogai por nós!


Neste dia 8 de junho de 2018, celebramos o Dia do Sagrado Coração de Jesus. A Igreja o comemora sempre na segunda sexta-feira após a festa de Corpus Christi. E para melhor compreendermos esta festa, nos recordamos da passagem de Jesus na terra e todas as emoções que afligiram seu santo coração, desde sua entrada em Jerusalém, passando por todos os acontecimentos que precederam seu calvário e culminando com sua morte na Cruz. Segundo as Escrituras, aponta-se que, após três dias de sua morte, Jesus Ressuscita e vive novamente, vencendo-a. Elas nos contam também que Maria Madalena, Simão Pedro e outros amigos de Jesus caminharam até o local de seu sepultamento para verem se seu corpo estava lá, e não o encontraram [Jo 20,1-18].

Lembremos que, no dia em que Jesus morreu, um soldado abriu seu lado esquerdo com uma lança, na altura de seu coração, por onde saiu sangue e água. Na água está a nossa purificação e no sangue está a nossa salvação. Já a liturgia nos diz que, através do Divino Coração de Jesus aberto, foram derramadas em nós torrentes de graça e misericórdia. E também descreve que seu Coração é um grande símbolo do amor de Deus por nós, afinal Jesus é a encarnação viva do amor de Deus.

O Sagrado Coração é a imagem do amor de Jesus por cada um de nós. E sobre Jesus, São Paulo disse: “Eu vivi na fé do Filho de Deus, que me amou e se entregou a si mesmo por mim [Gl 2,20]. Assim, realiza um convite a cada um de nós, para que retribuamos a Jesus este amor, vivendo segundo a Sua vontade e trabalhando com a Igreja pela salvação das almas.

A primeira festa foi celebrada na França, em 20 de outubro de 1672. Neste país, Jesus revelou o desejo desta celebração voltada a seu Sagrado Coração à religiosa Santa Margarida Maria Alacoque, mostrando que este “Coração que tanto amou os homens é por parte de muitos desprezado”. A partir disso, vários papas, no decorrer do tempo, começaram a tratar desta festa.

Papa Pio XII afirmou que tudo que Santa Margarida afirmou para iniciar esta comemoração estava com a nossa fé católica, tornando-a um grande sinal a mais da misericórdia e da graça para as necessidades da Igreja. Já o Papa Clemente XIII aprovou a Missa em honra ao Coração Sagrado de Jesus e Pio X a estendeu a toda Igreja, sempre realizada na segunda sexta-feira após festa de Corpus Christi. E sobre essa grande festa do Sagrado Coração, Paulo VI disse, certa vez, que ela é garantia de crescimento na vida cristã e garantia da salvação eterna.

Dentro das comunidades, temos um grupo especial que tem por missão a devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Este grupo é o Apostolado da Oração. Ele se constitui da união dos fiéis que, por meio do oferecimento cotidiano de si mesmos, se juntam ao Sacrifício Eucarístico – no qual exercem continuamente a obra de nossa redenção – e assim colaboram na salvação do mundo.

Portanto, concluímos que, nesse dia, agradecemos a Deus por ter dado a vida a cada de um de nós, e por ter se tornado, verdadeiramente, homem e habitado entre nós. E que o coração de Jesus mostra o quanto ele próprio é manso e humilde, sendo que nunca sequer cogitou entristecer alguém. E por ser Deus, nunca julgou, mas usou de misericórdia e sempre prestou ajuda e consolo.

Que o Sagrado Coração de Jesus nos abençoe e nos permita sermos mais semelhantes a ele!

Fontes:

- Canção Nova – A festa do coração de Jesus

- Misericórdia.org.br – Junho, mês do Sagrado do Coração de Jesus

51 visualizações
Notícias em Destaque
Arquivo

Paróquia Santa Teresinha

Praça Rui Barbosa, s/n - Santa Terezinha, Santo André/SP

Informações: Tel. (11) 4996-3506 | WhatsApp. (11) 99971-5580 | teresinha.sa@diocesesa.org.br | Redes sociais: @santateresinhasa