Acontece na Paróquia  

12 de julho: Festa dos Santos Luís Martin e Zélia Guérin, pais de Santa Teresinha!

"O Bom Deus deu-me um pai e uma mãe mais dignos do céu do que da terra"

– Santa Teresinha

 

Santa Teresinha do Menino Jesus, nossa Padroeira, está entre os santos mais populares desde os apóstolos. Mesmo sendo tão jovem, viveu uma experiência profunda de fé e entrega a Deus, graças ao que aprendeu desde menina com seus pais. Canonizados em 2015, Luís Martin e Zélia Guérin se empenharam em viver sempre a vontade de Deus e construíram um ambiente familiar cheio de fé e amor, de onde surgiu a vocação de Teresa e de suas irmãs.

 

A beatificação e posterior canonização dos pais de Santa Teresinha não foram baseadas na santidade de sua filha. Os santos esposos Luís e Zélia viveram a vocação familiar de maneira exemplar, como cristãos. Para os pais de Teresinha, Deus foi sempre o primeiro a ser servido. Assim, deram o exemplo a suas filhas, fazendo com que a santidade de Teresa esteja intimamente relacionada ao ambiente em que estava inserida durante sua infância.

 

Durante a juventude, Luís e Zélia sentiram o desejo de seguir a vocação religiosa. Luís tentou ingressar o Grande Mosteiro de São Bernardo, onde não foi admitido por não saber latim e Zélia chegou a pedir admissão entre as Irmãs da Caridade de São Vicente de Paulo, mas a superiora julgou que ela não tinha vocação para o claustro. Então, eles se conhecem na cidade de Alençon e se casam para viver o matrimônio com todas as alegrias e sofrimentos que um casal pode enfrentar.

 

Os santos esposos tiveram nove filhos, dentre os quais quatro morreram na infância, mas o luto e as provações não enfraqueceram a fé do casal. Eles participavam da missa diariamente, seguiam fielmente as prescrições da Igreja e eram muito devotos de Nossa Senhora. Além disso, participavam da vida de sua paróquia e realizavam muitas obras de caridade, nas visitas a idosos, no auxílio aos pobres, na assistência aos doentes.

 

Após adoecer, Zélia falece em 1877, quando Teresinha, a filha mais jovem do casal, tinha apenas quatro anos. Apesar do sofrimento que viveu em seus últimos meses, Zélia permanece serena, aceitando a vontade de Deus. Luís então se muda para Lisieux para garantir um futuro melhor para as cinco filhas. Após oferecer a Deus todas as filhas – que seguiram a vocação religiosa, Luís padece de uma severa doença, vindo a falecer em 1894.

 

O casal Martin viveu plenamente a vocação familiar, provando que o matrimônio é uma via de santificação. E hoje a família formada por São Luís Martin e Santa Zélia Guérin é um exemplo a ser seguido por esposos e pais cristãos, buscando amparo mútuo na graça, com amor fiel, durante toda a vida e transmitindo a doutrina cristã e o Evangelho aos filhos que receberam de Deus.  

 

Fonte: Basilica Santa Teresinha

  Homilia do Papa Francisco, 18 de outubro de 2015

Please reload

Notícias em Destaque
Please reload

Arquivo
Please reload

Paróquia Santa Teresinha

Praça Rui Barbosa, s/n - Santa Terezinha, Santo André/SP

Informações: Tel. (11) 4996-3506 | WhatsApp. (11) 99971-5580 | teresinha.sa@diocesesa.org.br | Redes sociais: @santateresinhasa