Acontece na Paróquia  

Série Mês das Vocações | Castidade, pobreza e obediência: a Vocação Religiosa!

Em agosto celebramos o Mês das Vocações. Uma delas é a Vocação Religiosa, que consiste em abandonar-se totalmente em Deus. Ao escolher – ou ser escolhido por Deus para – seguir a vida religiosa, são muitos os caminhos a tomar. O homem pode se tornar padre ou frei, mas também um irmão religioso, enquanto a mulher pode ser freira, uma irmã. Dependendo da ordem escolhida, há instituições e hierarquias próprias, sem ligação direta a paróquias, mas também compondo a Igreja. Exemplos delas são as ordens Franciscanas, Dominicanas, Carmelitas, dentre outras.

 

Os religiosos são chamados a viver a radicalidade do Batismo, dedicando todo o seu ser à obra de Deus. Para isso, seguem o exemplo de Cristo em seu modo de vida casto, pobre e obediente.

Existem três modelos de vida religiosa: a monástica, a mendicante e a apostólica. A primeira tem como concretização os monges, aqueles que vivem mais isolados, dedicando-se totalmente à oração. Enquanto isso, a vida mendicante divide-se em oração e atividades catequéticas e de serviço ao próximo. A vida apostólica, por sua vez, tem seu foco maior no serviço ao próximo por meio da missão.

 

Cada pessoa chamada à vida religiosa possui um carisma em si, e é a partir dele que identifica a qual congregação irá se unir. Carisma não é algo que se pode aprender, mas um aspecto de Cristo que já está na pessoa e se desenvolve quando, a partir do chamado de Deus, ela se une a uma das organizações.

 

Desse modo, a Vocação Religiosa não é apenas uma opção de profissão, como é vista por muitos, mas a escolha de realizar a plenitude do seu carisma, recebido para mostrar ao mundo um pouco da face de Deus.

Leia mais!

 

Fontes:

Irmãs Paulinas

Dom Total

Canção Nova

 

Please reload

Notícias em Destaque
Please reload

Arquivo
Please reload

Paróquia Santa Teresinha

Praça Rui Barbosa, s/n - Santa Terezinha, Santo André/SP

Informações: Tel. (11) 4996-3506 | WhatsApp. (11) 99971-5580 | teresinha.sa@diocesesa.org.br | Redes sociais: @santateresinhasa