Acontece na Paróquia  

Manhã de Espiritualidade traz reflexões sobre a Quaresma

 

Dia 09 de março foi realizada, na Paróquia Santa Teresinha, a manhã de espiritualidade, envolvendo uma palestra ministrada por Renan Silva e sendo encerrada com a bênção do Santíssimo Sacramento. A palestra trouxe um tema de extrema importância nos dias atuais e que também faz jus às próximas semanas e ao período que estamos passando: a Quaresma. Ela surge por volta do século IV e, atualmente, é tempo para retirar os excessos da nossa vida, levando-a ao equilíbrio, sendo um de seus símbolos a cor roxa.

 

O Evangelho de Mateus (especialmente o trecho Mt 4, 1-11) remete justamente a esse período e a todas as tentações que existem ao nosso redor. Na primeira parte deste Evangelho são explicadas três grandes tentações:

 

- Prazer (hedonismo): Jesus se retira para o deserto por 40 dias, pela força do Espírito Santo, em um momento de penitência logo após a tentação. Fez isso para entender a espiritualidade e dominar a sua vontade. Aqui fica um questionamento: será que durante a nossa rotina não estamos nos controlando? A prática de jejuar é abster-se de algo que não seja essencial na vida mas que leve ao sacrifício, ao controle da vontade;

 

- Poder (egoísmo): na segunda tentação, cabe a reflexão se temos colocado o servir ou o poder em evidência em nossas vidas. O Salmo 3 é uma grande referência para tanto. Ser humilde e olhar para o outro deveria ser prioridade. Na celebração de quarta-feira de cinzas, são colocadas cinzas na testa justamente para demonstrar que devemos ser humildes, “o poder deve ser colocado em favor do próximo”. Na quaresma há as obras de misericórdia, e o jejum deve ser uma abertura para a vida em comunidade;

 

- Idolatria: a terceira tentação traz o questionamento: nós estamos nos prostrando diante de onde e do quê? Geralmente as pessoas muito apegadas a bens materiais, sem mesmo perceber, estão na igreja por pessoas e não por Jesus e pela fé.

 

O tempo pede que sejamos a luz de Cristo. E existe o Cronos (tempo cronológico); e o Kairós (tempo reservado) em nossas vidas, tempo que serve para encontrar com o outro, com Deus e consigo mesmo.

 

O tempo da Quaresma é tempo de renunciar o ser, a tentação. A Igreja apresenta a oração, e é o que diferencia a espiritualidade da quaresma. A oração é a experiência do diálogo com Deus. A leitura orante, método de introspecção, é muito bem utilizada para a reflexão. 

 

Por fim, neste tempo cabe um pensamento muito importante de Santa Teresinha “Senhor, faz do meu nada, amor”.

 

 Confira aqui o álbum completo!

 

Please reload

Notícias em Destaque
Please reload

Arquivo
Please reload

Paróquia Santa Teresinha

Praça Rui Barbosa, s/n - Santa Terezinha, Santo André/SP

Informações: Tel. (11) 4996-3506 | WhatsApp. (11) 99971-5580 | teresinha.sa@diocesesa.org.br | Redes sociais: @santateresinhasa