Acontece na Paróquia  

  • Fernando Murakami e Sérgio Bassi - PASCOM Santa

Especial Semana Santa 2019 | Sexta-feira Santa: Paixão e Morte de nosso Senhor


No dia 19 de abril, Sexta-feira Santa, relembramos a maior prova de amor na humanidade, pois acompanhamos todo o acontecimento do que Jesus passou por cada um de nós e como Ele sofreu pelos nossos pecados. Neste dia, a Igreja permaneceu em silêncio e jejum de carne, como sinal de “luto e memória” a Jesus Cristo. E foi neste dia que Jesus percorreu todo seu caminho de sofrimento até a morte de Cruz pela nossa Salvação.

Após reunir-se para a Hora Santa das 7h às 14h, a comunidade voltou a se encontrar às 15h para a Celebração da Paixão e Morte de Nosso Senhor. A celebração se iniciou com a entrada do padre Tiago e dos ministros e toda a comunidade ajoelhada em sinal de adoração, respeito e reverência. A leitura do Evangelho retratou a passagem de como Jesus percorreu todo seu caminho, desde a Sua entrega a Pilatos, como foi a Sua flagelação, a Sua caminhada dolorosa, e a Sua crucificação.

Após as leituras, ocorreu a Adoração à Cruz, a qual demonstra a morte de nosso Senhor: “Eis o lenho da cruz, do qual pendeu a salvação do mundo” foi entoado pelo pároco três vezes. E, ao final da celebração, após a comunhão dos fieis, foram formadas duas filas no corredor central e, assim toda a comunidade se aproximou, realizando a genuflexão e logo em seguida adorando a Santa Cruz.

Ao fim da tarde, fiéis começavam a aglomerar-se em frente à Paróquia Santa Teresinha, em espera à saída da tradicional Procissão do Cristo Morto. Com velas nas mãos e repletos de fé e disposição, os paroquianos percorreram algumas ruas da região, cantando e rezando para relembrar este dia tão relevante para a fé cristã. Embora seja um dia de profunda tristeza pela morte do Senhor, todos caminham na esperança da ressurreição que está por vir.

A Procissão foi feita em formato de Via-Sacra, com paradas que simbolizavam suas 15 estações durante o percurso. O trajeto da procissão passou pela Alameda Marquês de Barbacena, Rua Tordesilhas, Rua Alemanha, Avenida Estados Unidos, Rua Cuba e Alameda Vieira de Carvalho. O evento contou com um carro de som, sobre o qual os músicos puderam estar cantando e tocando para animar o caminho. Também havia os andores de Nossa Senhora das Dores e do Cristo Morto, nos quais os fiéis podiam revezar-se para auxiliar a carregá-los.

Ao retornarem para a igreja, os paroquianos foram surpreendidos: enquanto os fiéis estavam em procissão, a Pastoral das Artes preparou uma estrutura de palco para realizar a encenação da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo. Cortinas, projeção, iluminação, músicas e canhão de luz foram utilizados para dar mais realidade à peça que foi realizada no interior de nossa igreja.

Os membros da Pastoral das Artes contaram a história de Jesus desde a Santa Ceia até chegar em Sua ressurreição. Abordaram também os momentos de aflição e entrega de Jesus por Judas, apresentação a Caifás e Pôncio Pilatos, seu espancamento, sua via dolorosa, crucificação e encontro dos lençóis e faixas no chão do túmulo. Todos estes momentos foram repletos de emoção. Como auge da apresentação, pode-se citar a entrada do Padre Tiago com o Santíssimo Sacramento no momento da ressurreição de Cristo. A comunidade alegrou-se muito com a encenação e com o trabalho deste grupo de nossa paróquia que tanto se dedicou para este resultado.

Que as celebrações desta Sexta-feira Santa nos ajudem a relembrar que, diante de tudo que Jesus sofreu, Ele nunca desistiu de nós, sempre nos amou e continuará nos amando a cada dia. E, após a sua morte de Cruz, trouxe para nós a Salvação e nos livrou de todo o pecado. E, assim, esperamos a Sua Ressurreição no Domingo de Páscoa, a Sua vinda e uma vida nova.

Confira o álbum completo da Adoração à Cruz, da Procissão do Cristo Morto e da Encenação da Paixão de Cristo.

18 visualizações
Notícias em Destaque
Arquivo

Paróquia Santa Teresinha

Praça Rui Barbosa, s/n - Santa Terezinha, Santo André/SP

Informações: Tel. (11) 4996-3506 | WhatsApp. (11) 99971-5580 | teresinha.sa@diocesesa.org.br | Redes sociais: @santateresinhasa