Acontece na Paróquia  

  • Por Fernando Murakami – PASCOM Santa Teresinha

Solenidade da Santíssima Trindade: Glórias ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo


Neste domingo dia, 16 de junho de 2019, uma semana após o Domingo de Pentecostes, a Igreja celebra a Festa Solene da Santíssima Trindade, que marca a centralidade da nossa fé e da nossa vida cristã. Ela é sempre relembrada pelo sinal da cruz: o Pai, o Filho e o Espírito Santo. E, em nossa paróquia, a festa foi marcada com muitos paroquianos presentes e alegres com essa grande festa solene.

Padre Antônio, durante a missa das 10h, refletiu bastante durante a homilia, pois ele disse: “que existiam duas pessoas, inicialmente: o Pai e o Filho; e a união dos dois se tornou o Espírito Santo”. Isso mostra não só a união de Deus com o seu filho Jesus Cristo, mas também demonstra toda união dos pais com os seus filhos, transformados e repletos do Espírito Santo.

Deus se revelou como Pai, Filho e Espírito Santo. Foi Nosso Senhor Jesus Cristo quem nos revelou esse mistério. Ele falou do Pai, do Espírito Santo e de Si mesmo como Deus. Logo, não é uma verdade inventada pela Igreja, mas revelada por Jesus. Muitas vezes, podemos não compreender totalmente, porque o Mistério de Deus não cabe em nossa cabeça, mas é a verdade revelada. Santo Agostinho (por volta do ano 430) dizia que o Espírito Santo procede do Pai, enquanto fonte primeira; e, pela doação eterna deste último ao Filho, do Pai e do Filho em comunhão.

Só existe um Deus, mas n’Ele há três Pessoas divinas distintas: Pai, Filho e Espírito Santo. Não pode haver mais que um Deus, pois este é absoluto. Se houvesse dois deuses, um deles seria menor que o outro, mas Deus não pode ser menor que outro, pois não seria Deus.

Desde que fomos batizados em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, a Santíssima Trindade passou a ocupar o primeiro lugar em nossas vidas e ações. Não se espera que um cristão não inicie ou não termine o seu dia sem fazer o sinal da cruz, invocando a Santíssima Trindade. Ao iniciar e ao encerrar qualquer oração, pública ou particular, as pessoas invocam a Santíssima Trindade. Muita gente também inicia e termina um trabalho sob o olhar de Deus Uno e Trino.

O Concílio de Niceia, ano 325, confirmou toda essa verdade: “Cremos […] em um só Senhor Jesus Cristo, Filho de Deus, nascido do Pai como Unigênito, isto é, da substância do Pai; Deus de Deus, luz da luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro, gerado, não criado, consubstancial ao Pai, por quem foi feito tudo que há no céu e na terra. […] Cremos no Espírito Santo, Senhor e fonte de vida, que procede do Pai, com o Pai e o Filho é adorado e glorificado, o qual falou pelos Profetas” (Credo niceno-constantinopolitano).

Portanto, a Solenidade da Santíssima Trindade nos faz contemplar o mistério de Deus que, incessantemente, cria, redime e santifica, com amor e por amor a toda criatura, dando a oportunidade de refletir sua beleza, bondade e verdade.

Pai, Filho e Espírito Santo, rogai por nós!

Fonte: Solenidade da Santíssima Trindade - Canção Nova

46 visualizações
Notícias em Destaque
Arquivo

Paróquia Santa Teresinha

Praça Rui Barbosa, s/n - Santa Terezinha, Santo André/SP

Informações: Tel. (11) 4996-3506 | WhatsApp. (11) 99971-5580 | teresinha.sa@diocesesa.org.br | Redes sociais: @santateresinhasa