Acontece na Paróquia  

Quarta-feira de Cinzas dá início à Quaresma

 

No dia 26 de fevereiro de 2020, celebramos na Paróquia Santa Teresinha a missa de Quarta-feira de Cinzas. A Quarta-feira de Cinzas foi instituída há muito tempo na Igreja; marca o início do Tempo da Quaresma, tempo de penitência e oração mais intensa. Para os antigos judeus, sentar-se sobre as cinzas já significava arrependimento dos pecados e volta para Deus.

 

As cinzas bentas e colocadas sobre as nossas cabeças representam a mortalidade e os arrependimentos de nossos pecados e que somos pó e ao pó retornaremos. “Com o suor do seu rosto você comerá o seu pão, até que volte à terra, visto que dela foi tirado; porque você é pó, e ao pó voltará" (Gênesis 3, 19), para que nosso corpo seja refeito por Deus de maneira gloriosa, para não mais perecer. Enquanto traça a cruz na testa dos fiéis, o sacerdote profere estas palavras: "Convertei-vos e credes no Evangelho".

Esta tradição das cinzas remonta ao Antigo Médio Oriente, onde o ato de colocar cinzas sobre a cabeça era um símbolo de arrependimento perante a Deus. Desta maneira, os católicos começam a se preparar para a Quaresma, que simboliza os quarenta dias que Jesus ficou no deserto, em penitência e sendo tentado pelo demônio [Leia no Evangelho Mt 4]. E neste dia também é realizado o início do período de jejum e abstinência de carne.

 

Papa Francisco nos dá a seguinte palavra:

 

A cinza, que recebemos na testa, abala os pensamentos que temos na cabeça. Lembra-nos que nós, filhos de Deus, não podemos viver correndo atrás do pó que desaparece. Pode descer da cabeça ao coração esta pergunta: Para que vivo? Se vivo para as coisas do mundo que passam, volto ao pó, renego aquilo que Deus fez em mim. Se vivo só para arrecadar algum dinheiro e divertir-me, procurar um certo prestígio, fazer carreira, então estou a viver de pó. Se julgo má a vida, só porque não sou tido suficientemente em consideração, ou não recebo dos outros o que acho merecer, estou ainda com o olhar no pó. Não estamos no mundo para isso. Valemos muito mais, vivemos para muito mais: para realizar o sonho de Deus, para amar. A cinza pousa nas nossas testas, para que, nos corações, se acenda o fogo do amor. Com efeito, somos cidadãos do céu. E o amor a Deus e ao próximo é o passaporte para o céu; é o nosso passaporte”.

 

CONFIRA AQUI TODAS AS FOTOS DESSA CELEBRAÇÃO!

 

Fonte:

Canção Nova - O sentido da quarta-feira de cinzas

Homilia do Papa Francisco na missa de quarta-feira de cinzas 2020

Please reload

Notícias em Destaque
Please reload

Arquivo
Please reload

Paróquia Santa Teresinha

Praça Rui Barbosa, s/n - Santa Terezinha, Santo André/SP

Informações: Tel. (11) 4996-3506 | WhatsApp. (11) 99971-5580 | teresinha.sa@diocesesa.org.br | Redes sociais: @santateresinhasa