Acontece na Paróquia  

  • Mariana Junqueira – PASCOM Santa Teresinha

Após mais uma Semana Santa com as portas fechadas, igreja reabre no próximo domingo (25/04)


A partir do próximo domingo (25/04), a Paróquia Santa Teresinha reabre para missas presenciais. Com o aumento do número de casos de coronavírus, nossa paróquia esteve com as portas fechadas desde 15/03/2021, pela imposição de novas restrições estaduais.


A Santa Missa será celebrada aos domingos, às 10h da manhã, com a presença de no máximo 100 fiéis, seguindo todos os protocolos de segurança necessários. Para participar presencialmente, é obrigatório o agendamento na secretaria paroquial (de terça a sábado, das 9h às 15h, pelo telefone 4996-3506 ou pelo WhatsApp 99971-5580).


A transmissão ao vivo da missa dominical poderá ser acompanhada ao vivo em nosso Facebook todo domingo às 10h e a recomendação é que, se possível, continuemos a participar em nossos lares, fazendo a nossa comunhão espiritual. Como o Padre João repetiu inúmeras vezes durante esse tempo: "Quando nós ficamos em casa, nesse momento, nós estamos realmente amando o próximo".


Relembre como foi a Semana Santa 2021


Pelo segundo ano consecutivo, celebramos a Semana Santa sem a presença dos fiéis na igreja, por meio de transmissões ao vivo, onde cada um pode participar em suas casas, recordando que a Igreja está em cada um de nós. Apesar da impossibilidade de realizar missas presenciais, nossa comunidade continua viva e orante, mesmo a distância. Durante a Semana Santa, iniciada com o Domingo de Ramos, estivemos reunidos diariamente da Terça-feira Santa ao Domingo de Páscoa.


Na Terça-feira Santa, refletimos as Sete Dores de Maria, um belíssimo momento de oração mariano em meio à Semana Santa, relembrando como foi para a Mãe de Jesus acompanhá-lo no caminho até o Calvário. Na Quarta-feira Santa, foi a vez da Celebração Penitencial, que nos ajudou a preparar nossos corações pelo caminho do arrependimento.


Em seguida, iniciamos o Tríduo Pascal, com a missa da Quinta-feira Santa, celebrando a Ceia do Senhor. Após a missa, toda a comunidade realizou a adoração ao Santíssimo Sacramento, acompanhando o Padre João prostrado diante do tabernáculo. Mesmo em casa, foi possível sentir a presença de Jesus no meio de nós neste emocionante momento de adoração. E, ao final da celebração, assistimos aos ministros desnudando o altar em total silêncio, com respeito pelos momentos que Jesus viveria a seguir.

Na Sexta-feira Santa, celebramos a Paixão e Morte do Senhor. Acompanhando os últimos momentos antes da morte de Jesus, recordamos que foram os nossos pecados que o levaram àquele sofrimento fatal. No fim da celebração, restou apenas a cruz de Jesus sobre o altar com Seu corpo sem vida, as velas foram apagadas e restou somente o vazio e o silêncio.


No Sábado Santo, pudemos enfim clamar “Aleluia, Cristo ressuscitou”! Encerramos o Tríduo Pascal, com esta bela vigília, na qual se realiza a bênção do fogo e da água, lembrando que a luz de Cristo brilhou sobre as trevas e fez renovar todas as coisas. O anúncio nos diz: não tenham medo! A esperança ressurgiu.


Finalizamos a semana com alegria, celebrando o Domingo de Páscoa. Não há alegria maior que a fidelidade à Deus, essa é o grande ensinamento: ser fiel ao Pai, como Jesus o fez. A ressurreição nos ensina a amar! Compreendendo isto, viveremos a fidelidade a Deus e nos assemelhamos cada vez mais a Cristo. Que a alegria da ressurreição nos ajude a transformar este mundo no Reino de Deus.


107 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo
Notícias em Destaque
Arquivo