Acontece na Paróquia  

  • Sérgio Bassi - PASCOM Santa Teresinha

Paroquianas relatam como foi participar da JMJ 2016

Leia abaixo o relato das irmãs Beatriz e Mariana Junqueira, paroquianas de nossa comunidade, que participaram da Jornada Mundial da Juventude (JMJ 2016), na Cracóvia (Polônia)

A Polônia foi um país muito significativo para sediar uma JMJ que trata sobre a misericórdia, já que é a terra natal de São João Paulo II, o homem que deu origem às Jornadas e que viveu a misericórdia em sua plenitude.

A experiência de participar de uma JMJ é indescritível. É preciso estar lá para entender do que se trata. Ao chegarmos em Cracóvia, já pudemos sentir um clima diferente, de muita festa e alegria. Tudo na cidade remetia à Jornada, com seus cartazes e símbolos. A cidade estava tomada por jovens de todas as partes do mundo, que carregavam, com orgulho, suas bandeiras e caminhavam pelas ruas cantando e demonstrando a alegria de ser cristão. “Jovens pertencentes a povos, culturas e línguas tão diferentes, animados por um único motivo: celebrar Jesus que está vivo no meio de nós”, foram as palavras do Papa Francisco para traduzir o evento.

Estar em sua presença e ouvir os seus ensinamentos, ainda que em italiano, foram momentos que ficarão para sempre guardados em nossa memória. Nestas palavras proferidas, o Papa fala sobre a misericórdia e nos convida a agir com misericordiosamente em nossa vida diária, ajudando uns aos outros. “Dizer misericórdia juntamente convosco é dizer oportunidade, dizer amanhã, compromisso, confiança, abertura, hospitalidade, compaixão, sonhos.” Ele chama os jovens e diz que somos nós quem tem o poder de mudar as coisas e fazê-las diferentes. Suas palavras, então, nos lembravam muito do Padre Tiago que todos os domingos costumava nos dizer: “força, juventude!”.

Em seu discurso, ele incentiva os jovens saírem pelo mundo fazendo o bem, espalhando misericórdia e divulgando o Evangelho. Mas como um jovem e não como um padre, bispo ou celebrante. Como jovem, em sua roda de amigos, divulgando as mensagens de Jesus. Além disso, ele reforça o chamado de Jesus, que chama a cada um de nós pelo nome, para auxiliá-lo em sua obra, independente do que somos ou do que fazemos, pois “no momento em que nos chama, Ele está vendo tudo aquilo que poderemos fazer, todo o amor que somos capazes de comunicar. Ele aposta sempre no futuro, no amanhã.”

O momento que mais nos tocou foi a exposição do Santíssimo Sacramento durante a Vigília no sábado à noite (30/jul/16). Ali, no Campus Misericordiae, tivemos um verdadeiro encontro com Deus, prostradas aos seus pés. Foi um momento lindo, onde mais de 2 milhões de pessoas se ajoelharam, segurando velas e adoraram ao Santíssimo.

Uma grande surpresa foi encontrar a imagem de Santa Teresinha em diversos momentos durante a viagem. Apesar de estarmos longe de casa, ela continuava intercedendo por nós e nos guiando durante cada passo dessa jornada, onde tanto aprendemos. Sem dúvidas, foi uma semana que mudou as nossas vidas.

Para finalizar, relembramos uma citação do Papa nesta Vigília citada:

“Deus espera algo de ti, Deus quer algo de ti, Deus espera-te. Deus vem quebrar os nossos fechamentos, vem abrir as portas das nossas vidas, das nossas perspectivas, dos nossos olhares. Deus vem abrir tudo aquilo que te fecha. Convida-te a sonhar, quer fazer-te ver que, contigo, o mundo pode ser diferente”.

36 visualizações
Notícias em Destaque
Arquivo

Paróquia Santa Teresinha

Praça Rui Barbosa, s/n - Santa Terezinha, Santo André/SP

Informações: Tel. (11) 4996-3506 | WhatsApp. (11) 99971-5580 | teresinha.sa@diocesesa.org.br | Redes sociais: @santateresinhasa